Caminhões

Produção 4.0 da Mercedes-Benz é apresentada na Feira da Indústria do Pará.

Produção 4.0 da Mercedes-Benz é apresentada na Feira da Indústria do Pará.

Empresa apresenta o case sobre a implementação dos pilares da Indústria 4.0 em suas linhas de produção de caminhões e cabinas.


A Mercedes-Benz do Brasil foi pioneira na utilização do conceito de Indústria 4.0 em sua planta, localizada no ABC Paulista em São Paulo. As novas linhas de produção de caminhões e cabinas estão estruturadas dentro dos pilares da 4º Revolução Industrial, agregando tecnologia digital, internet das coisas, hiperconectivade e dados na nuvem ao dia a dia de trabalho dos colaboradores. Essa nova era da Empresa, será apresentada na Feira da Indústria do Pará, promovida pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA).

“A Indústria 4.0 já é realidade na nossa companhia e temos muita satisfação em compartilhar esse conhecimento com o mercado, fomentando a importância da modernização dos processos de produção em busca de mais qualidade nos produtos para os nossos clientes e o melhor ambiente de trabalho para os nossos colaboradores”, afirma Pedro Afonso, diretor de Tecnologia de Operações da Mercedes-Benz do Brasil.

Colaborador e tecnologia integrados

Esse grande salto da indústria chegou de maneira definitiva no segmento automotivo agregando novos dispositivos e ferramentas que trabalham em parceria com o homem e que trazem benefícios diretos como ergonomia e flexibilidade na produção de caminhões e ônibus Mercedes-Benz.

“Óculos de realidade aumentada, robôs colaborativos e impressoras 3D, são alguns dos equipamentos que utilizamos em nossa produção de caminhões e cabinas e que auxiliam nossos colaboradores em sua rotina de trabalho” afirma o executivo.

Além dessas tecnologias, outras novidades fazem parte dessa nova era da Mercedes-Benz do Brasil. Dados gerados por equipamentos como as apertadeiras eletrônicas e AGVs (Automatic Guided Vehicle ou Veículo Guiado Automaticamente) são armazenados em um Data Lake e alimentam sistemas de inteligência artificial e Big Data. Utilizando recursos de Analytics, pode-se monitorar a qualidade de todos os produtos, detectar falhas e até fazer uma correlação com as informações de Vendas, flexibilizando o mix de produção. 

Outro exemplo que merece destaque é o AIV (Autonomous Intelligent Vehicle ou Veículo Autônomo Inteligente) veículo que transporta pequenas peças desde o armazém até 12 estações de trabalho na linha de montagem de cabinas. De tamanho compacto, chega a transportar até 130 kg de peças, estando totalmente conectado à programação de produção. 

Ouvir as estradas e implementar soluções

“As Estradas falam. A Mercedes-Benz ouve” é o slogan da marca que vai além do contato dos clientes com o produto final. Ao receber as demandas dos transportadores e motoristas, a marca também reúne as necessidades a serem agregadas até mesmo no dia a dia do chão de fábrica. As soluções tecnológicas trazidas nas novas linhas de produção da companhia também são resultado dos desejos dos clientes. “Acompanhar o avanço da indústria no mundo, antecipar tendências e modernizar processos também trazem excelentes resultados para os nossos clientes, que, sem dúvida, aprovaram a nossa nova maneira de produzir nossos veículos”, comenta o executivo.

Algumas dessas soluções, utilizadas e testadas na planta do ABC paulista, são inéditas no país e também no Grupo Daimler e fazem parte do investimento da Empresa de R$2,4 bilhões programado entre 2018 e 2022, o que reafirma a confiança da Mercedes-Benz no mercado brasileiro.

Indústria 4.0 é tema principal na Feira da Indústria do Pará

Promovida pela Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), a Feira da Indústria acontece entre os dias 15 e 18 de maio no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém-PA. O evento reunirá empresários e formadores de opinião para um primeiro contato com a chamada 4ª Revolução Industrial.

A participação da Mercedes-Benz será no dia 17 de maio, a partir das 19h40 com a apresentação do case sobre a Indústria 4.0. O palestrante será Pedro Afonso, diretor de Operações da Mercedes-Benz do Brasil, que participou ativamente da implementação das novas tecnologias nas linhas de produção de caminhões e cabinas da corporação.


Comentários